target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

O império de ferro - James Dashner

>>  quarta-feira, 4 de outubro de 2017

DASHNER, James. O império de ferro. São Paulo: Editora Seguinte, 2015. 207p. (Infinity ring, v.7). Título original: The iron empire.

“- Agora você já pode dizer o quanto quiser. Aleluia! Acho que conseguimos.
Dak devolveu o tapinha nas costas, mas sem tanta força.
- Engraçado você ter dito isso. A palavra ‘aleluia’ teve origem em… - Ele se interrompeu e sua expressão mostrou que estava só brincando. Na verdade, Sera sentia falta do falatório do amigo sobre fatos históricos. Ela torcia para que ele reaprendesse tudo bem rápido e voltasse a ser o mesmo de sempre.” p.199

A série infanto-juvenil, Infinity Ring, viaja pela história mundial através dos tempos. Na série, os protagonistas precisam voltar a alguns famosos momentos históricos e corrigir o passado. Agora no sétimo volume, eles voltam até a primeira fratura e ficam cada vez mais perto de salvar o mundo. Confiram o que achei de O império de ferro do James Dashner.

Sera, Dak e Riq chegam ao próximo destino de sua jornada, usando o anel do infinito, são transportados para a Grécia antiga. Eles precisam impedir o assassinato de Alexandre, o Grande, e para isso irão contar com ajuda de Aristóteles. Eles finalmente chegaram até a fratura original, e terminando a missão com sucesso, poderão voltar para o futuro e ter suas famílias de volta.

Porém, eles não são os únicos viajantes do tempo no local. Tilda também está no passado, e pretende fazer de tudo para matar Alexandre e acabar com a missão.  Resta saber quem irá vencer, e como isso afetará o futuro.

~~~~~~~~

Gostei bastante desse volume, e claro, muito disso se deve a autoria do James Dashner. Os personagens estão mais maduros, a aventura é bem escrita e o final foi muito legal. O anterior, Atrás das linhas inimigas, tinha me desanimado um pouco com a série, mas nesse voltou aos trilhos.

Dak e Sera está muito fofos, mais maduros, inteligentes, divertidos como sempre. Riq se integrou finalmente ao grupo, e da uma tristeza ao pensar no que pode ser dele no futuro (já que no passado eles alteraram um fato, então pode ser que ele não “exista” no futuro). Tirando isso, fiquei o livro todo curiosa para saber como estaria o presente deles, quando finalmente voltassem para casa.

A ideia toda da série é bem interessante, o fato deles irem consertando as fraturas e melhorando o futuro. E claro, tem a Tilda e o povo do mal da SQ. Achei que como sempre a aventura foi bem corrida, podiam passar mais aperto, sempre acho que tudo se resolve rápido.

De qualquer forma, a série é sempre uma ótima pedida para o público infanto-juvenil. E fica aqui a dica para os leitores mais jovens. :)

Adicione ao seu Skoob!


Série Infinity Ring

  1. Um motim no tempo (A mutiny in time) – James Dashner
  2. Dividir e conquistar (Divide and conquer) – Carrie Ryan
  3. O alçapão (The trap door) – Lisa McMann
  4. A maldição dos ancestrais (Curse of the ancients) – Matt de La Pena
  5. A caverna das maravilhas (Cave of Wonders) – Matthew J. Kirby
  6. Atrás das linhas inimigas (Behind enemy Lines) – Jennifer A. Nielsen  
  7. O império de ferro (The iron empire) – James Dashner
  8. Eternity - Matt De La Pena (ainda não lançado no Brasil)

Avaliação (1 a 5):
Comente, preencha o formulário e concorra ao Top comentarista de outubro!

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO