target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Um passo em falso - Harlan Coben

>>  quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

COBEN, Harlan. Um passo em falso. São Paulo: Editora Arqueiro, 2014. 272p. (Myron Bolitar, v.5).Título original: One false move.

“Myron se voltou e fez sua melhor imitação de detetive.
- Engraçado.
- O quê?
- Que vocês não se lembrem melhor de Anita. Achei que se lembrassem.
Arthur ergueu as mãos com as palmas voltadas para cima.
- Tivemos um bocado de gente trabalhando aqui ao longo dos anos.
- É verdade – concordou Myron, passando pelos umbrais. – Mas quantas dessas pessoas acharam o cadáver de sua esposa?
Os dois homens se transformaram em mármore: imóveis, silenciosos e frios. Myron não esperou resposta; afastou-se da porta e seguiu Winn para fora da casa.” p.95

O autor publica muito rápido e sou fã dos seus livros, mas nenhum deles me faz ficar tão louca para ler quanto os que fazem parte da série Myron Bolitar. Talvez pelo humor negro e besta do pseudo detetive, ou pela frieza de Win e a forma como Myron é tão inconsequente, principalmente porque conta com Win para salvar sua pele; adoro também seu jeito de meninão apaixonado. Os livros são independentes, mas é imprescindível ler na ordem se você quer acompanhar a evolução da vida pessoal dos protagonistas. Hoje vou falar do quinto volume da série com Um passo em falso do Harlan Coben.

A resenha não contém spoilers sobre os volumes anteriores da série, mas pode conter spoilers sobre a vida pessoal do Myron.

Myron Bolitar foi um astro do basquete na cidade onde cresceu e deixou muita gente de coração partido quando uma lesão impediu sua carreira como astro do esporte. Muita coisa aconteceu desde então, mas uma das pessoas que o ajudou foi o treinador Horace Slaughter. Eles não se falam há dez anos, Myron abandonou o esporte e eles perderam contato.

Quando Norm Zuckerman, o dono de um gigantesco conglomerado de artigos esportivos, procura Myron para ajudar uma jogadora de basquete que está correndo perigo, ele se surpreende ao encontrar Brenda Slaughter, filha de Horace. Norm quer que Myron proteja a moça e descubra quem está lhe enviando ameaças, conta que o pai da moça está desaparecido após agredi-la e promete um contrato como agente da moça. Myron não acredita na culpa de Horace, mas acaba aceitando proteger Brenda, ao mesmo tempo que fica encantando com sua beleza. Ela também parece se interessar por ele, mas Myron vive com outra mulher; mesmo Jessica sendo uma mulher complicada, que sempre irá colocar a carreira em primeiro lugar.

Pela primeira vez seu amigo Win não está de acordo com a investigação, ele acredita que o perigo é grande demais, e não existe motivo real se arriscar. O sumiço de Horace envolve também o desaparecimento da mãe de Brenda, quando ela tinha apenas 5 anos. Uma família de políticos importantes está envolvida e a máfia ameaça Myron, mais uma vez ele está se metendo onde não deveria, com consequências perigosas.  Porém, ele é teimoso, e não enxerga o perigo, até que possa ser tarde demais.

“- Um pedido – disse Win.
Myron o encarou.
- Na próxima vez que uma arma for disparada em circunstâncias semelhantes, fale alguma coisa imediatamente. Um bom exemplo pode ser “Eu não morri”.
- Na próxima vez? – perguntou Myron.” p. 247

~~~~~~~~

Muito bom! Dos melhores da série até agora, a aventura é bem mais perigosa, os desdobramentos são mais interessantes e eu não cheguei perto de encontrar o culpado. Queria que o final fosse diferente em uma coisa, mas acho que faz parte, o autor foi um pouco cruel nos desdobramentos, mas é melhor isso do que eu sempre matar a charada rs.

Myron é um coração mole, sempre foi apaixonado por Jéssica, uma mulher que partiu seu coração há muitos anos atrás. Esperanza ainda a odeia por causa disso, mas agora eles estão juntos novamente. Porém, ele se encanta por Brenda, e o fato da namorada estar sempre ausente escrevendo seu próximo livro, ajuda na aproximação. Brenda é nova, cheia de vida, uma jogadora de basquete negra, alta e belíssima. Jéssica é a moça loira, chique e de beleza clássica. Vocês já podem imaginar o contraste e a confusão armada.

Win é o máximo! Ele é um psicopata frio e calculista, e eu adoro o personagem hehe. Ele sempre aparece nos momentos mais perigosos e salva o dia. Myron sai atirando para todo lado... ameaça políticos, desdenha da máfia... porque tem Win para protegê-lo do perigo, aqui ele vai descobrir que essas atitudes têm consequências.

O humor besta de Myron aparece com força total, algumas piadas são toscas, mas ri alto de algumas, ele é um bobalhão de bom coração. Seus pais também são ótimos, adoro a forma como eles tratam o único filho como se ele ainda fosse um rapazinho, não que Myron se importe.

Eu só queria que a Arqueiro lançasse mais rápido – e na ordem rs – os livros da série, fico com saudade das aventuras e demora tanto a sair o próximo que esqueço os acontecimentos das investigações anteriores. Eles costumam citar alguns desses casos passados e sempre fico meio perdida.

Série mais do que indicada, ótimo para quem gosta de investigações e de suspense, mas ótima também para quem não é tão fã de policial, ele é mais leve e foca mais na vida do protagonista do que no caso em si. Leiam!!

Série Myron Bolitar de Harlan Coben
  1. Quebra de confiança (Deal breaker)
  2. Jogada mortal (Drop shot)
  3. Sem deixar rastros (Fade away)
  4. O preço da vitória (Back spin)
  5. Um passo em falso (One false move)
  6. Detalhe final (The final detail)
  7. Darkest fear
  8. A promessa (Promise me) lançando pela ARX
  9. Quando ela se foi (Long lost)
  10. Alta tensão (Live wire).
Avaliação (1 a 5): 4.5

Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO