Amante meu - J. R. Ward

>>  segunda-feira, 26 de outubro de 2020

WARD, J.R. Amante meu. São Paulo: Universo dos Livros, 2012. 608p. (Irmandade da Adaga Negra, v.8). Título original: Lover Mine.

“ O rosto horrível de Lash e sua forma decrépita se tornaram a personificação de tudo isso: uma representação tangível, infecta e podre de todo mal no mundo, de toda dor causada intencionalmente, de toda crueldade, degradação e prazer maligno.
Todas as ações realizadas em um momento, mas que tinham repercussões para toda a vida. ” p.556

E saiu da fila mais um livro da série Irmandade da Adaga Negra! Eu adoro a série, mas ela é bem grande e acabo demorando para continuar. Confiram o que achei do oitavo volume com Amante meu da J. R. Ward.

Em Caldewll, Nova York, a eterna batalha entre vampiros e Redutores continua. O redutor chefe foi trocado, Ômega pretende usar uma carta na manga, algo que ele manteve escondido por muitos anos. O mal teve um filho com uma vampira, um filho que foi criado entre os vampiros, como um deles. Alguém que sabe como funciona a organização, que poderia virar a guerra a favor dos redutores. Os irmãos da Irmandade continuam firmes na luta, mas no momento estão desfalcados. Contém spoilers sobre os livros anteriores da série.

John Matthew percorreu um longo caminho até chegar a Irmandade. Ele cresceu em um orfanato, se sentindo sempre diferente de todas as crianças, mas sem saber o que era. Ele foi abusado de várias maneiras, até ser resgatado por Tohr e sua esposa, e ser levado para viver com os vampiros. Se não fosse isso, ele teria morrido na transformação.

Hoje ele é um soldado, e luta junto com seus dois melhores amigos: Blay e Qhuinn. Eles ficam juntos o tempo todo, embora exista uma tensão palpável que faz com que Blay até evite olhar para Qhuinn. Eles estão apaixonados, mas embora Blay tenha assumido sua homossexualidade, Qhuinn evita qualquer menção a respeito, e insiste em dizer que irá se vincular a uma fêmea da raça para agradar sua família.

Já John está com o coração partido após o desaparecimento de Xhex (ver Amante Vingado). Ela foi sequestrada por Lash, que já fez parte do grupo de rapazes que treinavam para entrar para a Irmandade, e hoje em dia é o chefe dos redutores. 

Aprisionada, torturada, violentada. Xhex evita pensar em John e em qualquer coisa, concentra toda a sua força em lutar e sobreviver. A Irmandade procura por ela, John está desesperado, mas ela sumiu sem deixar rastros.

Os dois precisarão lutar muito para ficarem juntos, para se recuperarem e abrirem o coração para o amor.

~~~~~~

Bom, mais uma série antiga, enorme e que eu estou bem atrasada. Demoro para ler, mas adoro o enredo e os personagens. Os irmãos são ótimos, os enredos misturam um romance recheado de cenas bem hots, com muita luta e ação contra um inimigo mortal.

Esse volume teve o início bem triste e pesado. Fiquei com muita pena de Xhex, mesmo com seus poderes de sympatho; ela foi dominada por Lash e usada por semanas de todas as formas. Fiquei feliz que não demorou uma eternidade para ela ser libertada, a cena toda foi bem emocionante. E foi lindo ver os dois juntos tentando se recuperar, o romance entre eles foi muito forte e bonito. 

Eu sempre gostei de John, desde quando ele apareceu pela primeira vez, um rapaz franzino e cheio de traumas, até a sua transformação e seu treinamento como soldado. Então estava ansiosa para chegar ao livro dele, e não me decepcionou.  John se tornou um homem forte, honrado, com um grande coração e de caráter firme. Ele fez tudo que pôde por Xhex, e os dois formaram um casal muito forte.

Fiquei surpresa com alguns desdobramentos que vieram do outro lado, onde vivem as protegidas da Virgem Escriba. Elas servem de bom grado os vampiros da irmandade, alguma só com sangue, outras também de forma sexual. É tudo muito ritualístico rs, a mitologia da série é complexa para explicar para quem não leu nenhum dos livros, mas caso queiram é só ler a resenha do primeiro volume, a lista completa está no final da resenha.  Enfim, Payne, nunca se contentou com isso e sempre quis voltar para o mundo mortal. O final traz uma surpresa enorme sobre a personagem, que inclusive é a protagonista do próximo livro.

Esse teve menos ação, a parte do combate aos redutores foi bem restrita. Torci muito para que Lash fosse morto, não suporto o personagem. Sinistro em todos os sentidos.

É uma das poucas séries de vampiros que não enjoei, os livros valem demais a pena e continuo indicando, leiam!

Adicione ao seu Skoob!

Série Irmandade da Adaga Negra de J. R. Ward:
  1. Amante Sombrio - Wrath (Dark Lover)
  2. Amante Eterno – Rhage (Lover Eternal)
  3. Amante Desperto – Zsadist ( Lover Awakened) 
  4. Amante Revelado – Butch (Lover Revealed)
  5. Amante Liberto – Vishous (Lover Unbound)
  6. Amante Consagrado – Phury (Lover Enshrined)
  7. Amante Vingado – Rehvenge (Lover Avenged)
  8. Amante Meu - John Mattew (Lover Mine)
  9. Amante Libertada - Payne (Lover Unleashed) 
  10. Amante Renascido - Tohrment (Lover Reborn)
  11. Amante Finalmente - Qhuinn (Lover at Last)
  12. O rei (The king)
  13. Os sombras (The shadows)
  14. A besta (The Beast)
  15. A escolha (The chosen)
  16. A ladra (The thief)
  17. O salvador (The savior)
  18. The sinner. 

Livro interligado
Guia oficial da série (The Black Dagger Brotherhood: An Insider’s Guide).

Avaliação (1 a 5):

Comente, preencha o formulário, e concorra ao Top comentarista de outubro!

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO