target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

O medo mais profundo - Harlan Coben

>>  segunda-feira, 17 de outubro de 2016

COBEN, Harlan. O medo mais profundo. São Paulo: Editora Arqueiro, 2016. 272p. (Myron Bolitar, v.7). Título original: Darkest fear.

“- Você tem um plano?
- Não há tempos para planos.
- Uuhh – fez Win. – É sinal de que vamos ficar desagradáveis.
- Sim.
- E eu achando que você não ia mais desrespeitar as regras.
- Só desta vez – garantiu Myron.
- Ah, isso é o que todos dizem.” p.196

A dupla Myron e Win é como vinho, melhora com o tempo. Tanto que não faz sentido ler essa série fora da ordem, mesmo ele investigando casos diferentes em cada volume. Quando você acompanha certinho entende tudo o que tem nas entrelinhas, a cumplicidade, as piadas bobas, as loucuras que eles fazem; a bagagem já conhecida de Win, Myron e da fiel Esperanza. E esse volume é ainda mais pessoal, o mundo de Myron vira de ponta a cabeça em O medo mais profundo do Harlan Coben.

Essa resenha contém spoilers se você não leu os livros anteriores da série, somente sobre a vida pessoal do protagonista.

Myron Bolitar nunca teve sorte no amor, vive de coração partido e só teve duas namoradas de longo prazo. Jéssica, com quem terminou e voltou por quase treze anos, e Emily Downing da época da faculdade. Emily partiu o coração de Myron quando o trocou pelo seu maior rival no basquete, Greg Downing. O mesmo Greg,  algum tempo depois, destruiu a carreira de Myron como jogador de basquete. Myron só descobriu isso quando foi contratado para investigar o desaparecimento de Greg (Sem deixar rastros). Ou seja, ele quer distância de Emily, mais ainda de seu marido.

Porém, ela precisa de sua ajuda. Ele nega, não quer saber. Não se comove nem quando ela conta que o filho, Jeremy, de apenas 13 anos, está morrendo de leucemia. Ele precisa de um transplante de medula óssea urgente e apenas um doador apareceu, cadastrado no banco de medula. Porém esse doador sumiu e o sistema é sigiloso. Ela quer contratar Myron para localizar o doador, ele rejeita. Até ela contar que Myron é o pai do garoto...

Desnorteado com essa bomba, ele dá início a busca pelo doador. Porém, um mistério maior se esconde por trás desse homem misterioso. Sequestros, assassinatos, uma família poderosa e sem escrúpulos. Cabe a Myron juntar todas as peças e desvendar mais esse mistério. E corre o risco de perder o "filho" (dependendo do resultado do DNA), que nem chegou a conhecer.

~~~~~~~~

Um dos mais pessoais da série, meu queixo quase caiu quando a Emily (vaca) contou que o Jeremy era filho do Myron, e que ela sempre soube disso. Fiquei roendo as unhas para saber se o menino sobreviveria, se era mesmo filho dele, se vai aparecer nos próximos volumes da série e etc. Myron foi muito maduro nesse volume, com exceção das suas piadas idiotas de sempre, que eu adoro rsrs. Ele deixou para trás o rancor por Emily, o ódio de Greg, tudo para ajudar a criança que poderia ou não ser seu filho.

Os personagens são todos excelentes, como sempre. Win está mais contido nesse volume, deixou de lado seu lado psicopata e só ajudou quando Myron precisava, deixando que o amigo resolvesse como prosseguir. Esperanza está sempre presente com seus conselhos sábios. Os pais de Myron, fofos como sempre. Estou curiosa para saber se ele vai contar para os pais a confusão toda no próximo livro. Jeremy é uma criança fofa, eu até chorei em alguns momentos, torcendo para ele sobreviver e conseguir o doador.

O mistério é bem intrincado. Um doador desaparecido, um homem misterioso. Quando começa a investigar, Myron descobre que o doador pode ter ligação com um jornalista desacreditado e que se esconde do mundo, uma família bilionária e poderosa, um sequestrador/assassino que nunca foi pego. É muita loucura. E acho ótimo como o autor sempre consegue ligar  todos os pontos sem deixar furos. Eu matei uma charada apenas, fui surpreendida pelo resto.

O começo é meio enrolado, muitas divagações do passado e muita busca infrutífera. Acho que faz parte, mas foi só o que me impediu de dar nota máxima. Queria um final mais elaborado também, isso me deixa muito ansiosa para ler o próximo. A promessa foi lançado pela ARX, mas imagino que a Arqueiro irá relançar o livro, espero que sim. Depois dele, o nono e o décimo já estão lançados, saíram fora da ordem. Então não vou precisar ficar esperando!

Sou fã do Harlan Coben e amo a série do Myron! Para quem gosta de suspense, mistério, e tudo isso com um toque de humor, é imperdível. Leiam!

Adicione ao seu Skoob!

Série Myron Bolitar de Harlan Coben
  1. Quebra de confiança (Deal breaker)
  2. Jogada mortal (Drop shot)
  3. Sem deixar rastros (Fade away)
  4. O preço da vitória (Back spin)
  5. Um passo em falso (One false move)
  6. Detalhe final (The final detail)
  7. O medo mais profundo (Darkest fear)
  8. A promessa (Promise me) 
  9. Quando ela se foi (Long lost)
  10. Alta tensão (Live wire)
  11. Home (não lançado no Brasil)
Avaliação (1 a 5): 4.5

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO