target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

O pecador - Tess Gerritsen

>>  terça-feira, 18 de setembro de 2012


GERRITSEN, Tess. O pecador. 5 ed. Rio de Janeiro: Editora Record, 2011. 368p. (Rizzoli & Isles, v.3). Título original: The sinner.

“Não me ocupo em interagir com as pessoas vivas... Será culpa minha?, imaginou Maura. Será que percebe que não sou um bom ouvido, que me sinto mais confortável com meus bisturis e o ditafone do que com os sentimentos daqueles ao meu redor?” p.57

Aqui está uma autora que todo leitor que gosta de romance policial deveria conhecer, Tess Gerritsen é O CARA. Qual é o ponto comum das séries policias com vários livros? Normamente temos um detetive fodão, muita ação, muita adrenalina e um serial killer sanguinolento. E a fórmula se repete, muda-se o serial, as vítimas e o cenário, mas o detetive foda e a linha de ação é a mesma. Isso não pode ser dito desta autora, suas tramas mudam e evoluem, seus personagens são reais e muito humanos. Quer saber mais? Dê uma boa olhada em O pecador, terceiro volume da série Rizzoli&Isles da Tess Gerritsen.

O cirurgião e O dominador possuem tramas sequenciais e que precisam ser lidas na ordem para serem totalmente compreendidas. No terceiro volume da série, a autora muda totalmente de foco e embora eu ainda ache que todos devem ser lidos na sequencia esta resenha não contém spoilers dos livros anteriores.

O inverno chega a Boston com um frio congelante e vários centímetros de neve, o vento parece cortar a pele, o gelo é escorregadio e traiçoeiro. Mas os assassinos não ficam dentro de casa com uma caneca de café e um bom cobertor. E como eles continuam matando, a policia de Boston atravessa o gelo para buscar os culpados.

A detetive Jane Rizzoli, durona e cheia de atitude, pela primeira vez se sente abalada quando põe os olhos em um crime tão hediondo. As irmãs de Nossa Senhora da Luz Divina deveriam estar protegidas na clausura da Abadia Graystones. Mas o mal entra até nos locais mais puros, e um terrível chamado leva Rizzoli para a cena do crime.

Chamada para se juntar a detetive, a médica legista Maura Isles odeia o apelido Rainha dos mortos, mas é sempre observada em campo. Sua pose altiva, seu comportamento frio, sua capacidade de não demonstrar nada diante do pior cenário. E duas freiras assassinadas na capela são um bom exemplo. A irmã Ursula, uma senhora idosa, estava logo na entrada, ferimento grave na cabeça. A noviça Camille estava banhada de sangue, prostrada de frente para o altar.

Mesmo atrás dos sagrados muros do convento, muitos segredos se escondem. Elas procuravam um lunático, até descobrir que Camille acabara de dar a luz, agora o crime podia ser bem mais pessoal. Uma mulher é encontrada morta em um prédio abandonado, ligando os dois casos de forma misteriosa. Quando as duas começam a investigar a teia vai se formando, e o crime, pode ser bem mais pessoal que elas imaginam.

~~~~~

Tess Gerritsen, sua linda! Só para vocês terem ideia de como funciona a série, o primeiro livro têm como protagonistas Thomas Moore e Jane Rizzoli, a policial se destaca e volta como protagonista principal de O dominador. Aqui, quando eu esperava um novo caso da durona Rizzoli, somos apresentados a narrativa mais pessoal da doutura Isles. A médica legista tem muitos problemas em sua vida pessoal e acaba se fechando, vivendo para o trabalho. Junto com a estourada da Jane as duas formam uma parceria bem incomum.

O pecador trás uma trama mais psicológica, voltada para os sentimentos das duas protagonistas. O livro trás mudanças para a vida pessoal das duas mulheres, que com certeza se refletirão nos volumes seguintes da série. A mudança foi fenomenal, ao invés da mente pervertida dos assassinos, acompanhamos a luta de duas mulheres para se sobressair em profissões dominadas pelos homens, serem respeitadas e talvez, terem alguma vida pessoal.

Em contrapartida, a parte policial é a mais fraca até agora. O foco como eu disse é na parte psicológica, e não temos aquele assassino louco sendo perseguido o livro todo. Mesmo assim a trama para os assassinatos foi muito bem bolada, eu saquei e acertei o assassino, mas quando a autora já tinha deixado inúmeras dicas. 

Eu digo isso para que vocês não leiam esperando um super thriller policial como nos dois anteriores, mas nem por isso o livro é pior... porém ele não tem aquele clímax todo e se você ler com a expectativa errada pode se frustrar.

Alguma dúvida que eu indico? Vale totalmente a pena o investimento, leiam!!!

Série Rizzoli&Isles
  1. O cirurgião (The surgeon)
  2. O dominador (The apprentice)
  3. O pecador (The sinner)
  4. Dublê de corpo (Body Double)
  5. Desaparecidas (Vanish) 
  6. O Clube Mefisto (The Mephisto Club) 
  7. Relíquias (The keepsake) 
  8. Gélido (Ice cold) 
  9. A garota silenciosa (The silent girl)
  10. A última vítima (Last to die)
  11. O predador (Die again).
Avaliação (1 a 5): 4,5

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO