target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

O predador - Tess Gerritsen

>>  terça-feira, 1 de dezembro de 2015

GERRITSEN, Tess. O predador. Rio de Janeiro: Editora Record, 2015. 364p. (Rizzoli & Isles, v.11). Título original: Die again.

“Um terceiro tiro ecoa, e avanço para a escuridão da selva. Estou quase na cerca quando tropeço em algo e caio de joelhos. Sinto a pele quente, o cabelo comprido, emaranhado. E sangue. Uma das louras.
Imediatamente me levanto, fugindo cegamente pela noite. Ouço sinos tilintarem quando minha bota atinge a cerca.
A bala seguinte passa tão perto que a ouço zunindo.
Atrás de mim, ouço gritos de terror e um último estampido.
Não tenho escolha. Avanço sozinha pela noite.” p.200

E mais uma aventura de Rizzoli & Isles chega ao Brasil, como esse também foi o último lançado nos EUA, cogitava-se a possibilidade dele encerrar a série, mas pelo enredo parece que teremos mais aventuras pela frente. Hoje conto para vocês o que achei de O predador da Tess Gerritsen.

A série acompanha a vida da Detetive Jane Rizzoli e da legista Maura Isles, duas mulheres que estão sempre enfrentando desafios pessoais e profissionais. Em cada livro elas investigam um mistério diferente e a autora é bem versátil quando se trata de crimes e investigações. Porém desde O cirurgião, o primeiro livro, elas já passaram por muita coisa e evoluíram muito, por isso acho interessante que os livros sejam sempre lidos na ordem.

A resenha contém spoilers para quem não leu os livros anteriores, somente sobre a vida pessoal das protagonistas.

Botsuana, África
Um grupo de turistas está vivenciando uma verdadeira experiência na selva africana em um safari. No grupo de sete pessoas, a maioria bem animada e empolgada com a aventura. Millie é a namorada legal que topou acompanhar Richard - um escritor famoso - na realização dos seus sonhos. Ela odeia tudo relacionado a selva, queria um hotel, um banheiro, um SPA. O guia Jonny tenta manter o grupo na linha, mas a morte do guia auxiliar, Clarence, muda tudo. Eles nem imaginam que existe um predador entre eles, um assassino frio e cruel, a aventura transforma-se em um pesadelo. O que o predador não sabe, é que uma das suas presas irá escapar.

Boston, seis anos depois
A detetive Jane Rizzoli já está acostumada com  crimes grotescos e assustadores, assim como a legista Maura Isles, que transita calmamente em meio ao fedor da morte e a todo o sangue. Um homem foi pendurado de cabeça para baixo e eviscerado em sua casa. Ele era um caçador e um taxidermista, no fim, Leon Gott foi morto como um animal. E, depois, parcialmente comido pelos seus animais de estimação, presos na casa sem alimento. Frost se assusta logo na entrada, inúmeros animais empalhados assombram as paredes.

No curso da investigação, Maura acredita que outro corpo encontrado foi vítima do mesmo assassino. Com a outra vítima havia morrido anos antes e não tinha nada que a ligasse a Leon, ninguém apoia sua teoria. Até que um detetive novato, encontra informações que podem comprovar o que nem Jane quis acreditar. Um crime acontecido na África pode estar ligado a essa investigação, mas Jane precisa da ajuda da única testemunha viva, alguém aterrorizado pelo passado, que vive apavorado com a possibilidade de reviver todo aquele terror.

~~~~~~

Ótimo enredo, a autora sempre se aventura por paisagens novas e apresenta ao leitor algum assunto interessante. Dessa vez são as caçadas, os animais na selva, os direitos dos animas e os ambientalistas, os caçadores que caçam e empalam bichos por diversão, e aqueles que caçam para alimentar a família. Da selva africana ao zoológico de Boston, conhecemos muito sobre os grandes felinos e outros animais. Eu gostei do tema, fiquei chocada com algumas coisas, no geral achei muito interessante a forma como o assunto foi desenvolvido.

Isso foi só o pano de fundo, claro que o assunto principal é o assassino. O livro se alterna entre a narrativa na África no passado, e a dupla Rizzoli e Isles no presente. A parte do Safari é bem tensa e até um pouco assustadora, imagine um grupo pequeno de pessoas na selva, sendo exterminado aos poucos, em barracas no meio do nada, sem forma alguma de pedir ajuda.

Isso toma grande parte do livro, e nossas queridinhas protagonistas aparecem menos do que o esperado. Não me desagradou, mas senti falta de mais sobre a vida delas. Jane e Maura estavam com a amizade um pouco abalada, devido aos acontecimentos do livro anterior, mas agora parecem se reaproximar. Maura continua com o coração partido e muito solitária, Jane precisa lidar com o pai desagradável e o sofrimento da mãe. Gabriel aparece um pouco mais nesse volume, sempre gosto do relacionamento prático dos dois.

O mistério é bem desenvolvido e as  pistas vão todas se encaixando, eu matei um pouco da charada e não me surpreendeu tanto, mas no geral gostei do mistério. Não  foi um dos meus favoritos da série, mas Tess Gerritsen é sempre garantia de boa leitura. Leiam!

Adicione ao seu Skoob!

Série Rizzoli&Isles 
  1. O cirurgião (The surgeon)
  2. O dominador (The apprentice)
  3. O pecador (The sinner)
  4. Dublê de corpo (Body Double)
  5. Desaparecidas (Vanish)
  6. O Clube Mefisto (The Mephisto Club)
  7. Relíquias (The keepsake)
  8. Gélido (Ice cold)
  9. A garota silenciosa (The silent girl)
  10. A última vítima (Last to die)
  11. O predador (Die again).
Avaliação (1 a 5):

Comente, preencha o formulário, e concorra ao Kit Top Comentarista de dezembro!

Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO