target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Viajando em vídeo
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Lançamentos

TOP 10: Os dez melhores livros de 2011

>> sexta-feira, 30 de dezembro de 2011


E vamos a lista mais difícil do ano, entre tantos livros é complicado escolher os favoritos. A lista esteve presente em 2010, clique AQUI para conferir. Hoje vou falar dos melhores livros que passaram aqui pelo blog no ano de 2011, nem todos foram lançados este ano, mas todos foram lidos por mim em 2011 e resenhados aqui no Viagem Literária.

E embora eu tivesse uma meta louca maior, o ano rendeu muitas leituras, foram 156 livros lidos até a data de hoje. Teve livros que amei, alguns que já terminei com vontade de reler, outros que não gostei muito, alguns divertidos, outros emocionantes. Sempre têm várias series que me deixam com cólica pela continuação, e outras que já deviam ter terminado há tempos.

E o que tem de melhor nesta lista você confere abaixo. Claro que esta é minha opinião como leitora voraz e amante declarada dos livros. E quem quiser fazer a sua listinha e postar no blog, podem usar o banner se quiserem e depois deixem o link aqui que eu vou conferir os favoritos de vocês no ano.

E agora vamos conhecer os 10 melhores livros do ano em contagem regressiva!


10 Água para elefantes de Sara Gruen

Água para elefantes é um romance, lindo e triste, original. Não chega a ser um drama, mas a história de Jacob é triste em diversas partes e emociona.  O livro conta a história de Jacob Jankowski um rapaz órfão que acaba indo viver no circo onde trabalha como veterinário. Lá ele se apaixona perdidamente por Marlena, a esposa de August, seu chefe. Também conhecemos Rosie, a elefanta mais fofa do mundo. O filme é legal, mas não chega a ser tão bom quanto o livro.
Outros romances nota 5 do ano: Julieta e Liberte meu coração.

9 Graceling de Kristin Cashore

Romance épico e literatura fantástica, gêneros que eu amo. A história de Graceling é forte e diferente, com uma das melhores protagonistas do ano: Katsa. Em uma Terra dividida em sete reinos, entre pessoas normais nascem aqueles chamados de Dotados. Eles são identificados pelos seus dois olhos de cores diferentes. Alguns talentos são inofensivos, outros são considerados perigosos. Os dotados são usados pelo Rei, da forma que o soberano acha melhor. Katsa tem o dom mais poderoso, o dom de matar. Ela conhece Po, um rapaz apaixonante, e os dois vivem muitas aventuras. Eu amei, grudei no livro até o final e estou louca pela continuação.

8 Quarto de Emma Donoghue

Este foi um dos livros mais tristes que li este ano, o outro também está aqui entre os melhores. Quarto é triste, mas é doce de uma maneira simples e encantadora. Narrado pelo olhar de Jack, um menino de 5 anos, nós conhecemos o mundo através de suas impressões. Jack nasceu em um quarto e isto é tudo que ele conhece do mundo, sua mãe foi feita refém, mantida presa por anos e ele é o fruto desta “relação”. Apesar da trama forte, a narrativa feita por uma criança muda toda a concepção da história; o leitor se emociona junto com Jack, chora com ele e por ele, torce para que ele e sua mãe consigam escapar daquele horror.
Outros dramas nota 5 do ano: Identidade roubada.

7 Branca como o leite, vermelha como o sangue de Alessandro D’avenia

Eu estou fascinada com os autores Italianos, adoro o jeito forte e romântico com o qual eles escrevem, com a narrativa toda muito sentimental e os personagens muito poéticos e bem construídos. Este livro me surpreendeu muito, não esperava quando comecei a ler que fosse me apaixonar pela história. Leo é um adolescente, como muitos outros: revoltado com os pais, não gosta muito de estudar, com sentimentos a flor da pele e louco por novas aventuras. Para ele o mundo é visto em cores, e o amor é vermelho. Silvia, sua melhor amiga, é azul. Vermelho é Beatriz, a paixão. Mas Beatriz está corroída pelo branco, a doença. Uma história linda e triste, emocionante e muito bem escrita.
Outros romances juvenis nota 5 do ano: O céu está em todo lugar e Antes que eu vá.

6 Cidade de Vidro de Cassandra Clare

No próximo ano não sei o que mais irá surpreender o leitor quando se trata de romances sobrenaturais, muitas séries do mesmo estilo acabam por tornar o tema repetitivo, mas a série Os instrumentos mortais com certeza consegue se destacar. O enredo é ágil e cheio de reviravoltas. Os personagens são inteligentes, corajosos e apaixonantes. Acompanhar o “final” da trilogia que virou série rs, foi emocionante. Teremos mais 3 livros no mesmo universo, mas este terceiro livro fecha um ciclo e amarra as pontas. Apaixone-se por Clare, Alec, Isabelle e Simon, e claro, principalmente, Jace!! Cidade das cinzas o livro anterior é tão bom quanto, se não conhecem ainda a série, leiam!
Outros sobrenaturais diferentes nota 5: Sereia.

5 Promessa de sangue de Richelle Mead

Esta é a minha série de vampiros preferida, pelo menos do universo juvenil. Academia dos vampiros tem um enredo diferenciado, um mundo onde a sociedade vampírica é dividida em dhampir, moroi e strigoi. Neste mundo conhecemos o melhor casal sobrenatural Rose Hathaway e Dimitri Belikov. Os dois protagonizam um romance cheio de dificuldades, desencontros e reviravoltas inacreditáveis. E sem falar que Dimitri é o mocinho mais desejado das fãs do gênero. Já estou louca pelo próximo livro e amei cada um deles. Promessa de sangue é o quarto volume da série, o mais bonito e mais triste de todos. O segundo volume Aura Negra e o terceiro Tocada pelas sombras também foram lidos este ano e eu amei todos.
Outros romances sobrenaturais vampíricos nota 5: Amante Desperto e Como se livrar de um vampiro apaixonado.

4 A guardiã da minha irmã de Jodi Picoult

Estou começando a achar que eu devia ter feito um um “top livros em que eu mais chorei”. A guardiã da minha irmã é lindo, triste e único. Jodi escreve brilhantemente bem e descreve cada sentimento, cada atitude de seus personagens com louvor. A narrativa é alternada entre todos os personagens e conseguimos enxergar a trama por vários ângulos, tantos que é a te difícil escolher um lado. No enredo Kate luta desde os três anos de idade contra a Leucemia promielocítica aguda, sua irmã mais nova Anna foi concebida através de inseminação artificial para ser a doadora ideal. Agora aos 16 anos Kate precisa de um rim para continuar viva, Anna cansada de sua vida girar em torno da irmã entra com um processo de emancipação médica contra os pais.  Só lendo para entender a complexidade da história. Lindo!

3 Eu mato de Giorgio Faletti

Chega de tanto drama, o melhor thriller policial do ano. Vou me repetir, adoro autores italianos, e este não fugiu a regra. Giorgio Faletti descreve seus personagens muito bem, com todas suas qualidades e defeitos. No livro conhecemos um psicopata cruel, que entra ao vivo na rádio da cidade para deixar sua mensagem. Ele é conhecido como Ninguém e brinca com a polícia. O legal do livro é que todos os personagens têm destaque, inclusive as vítimas do assassino. A narrativa se alterna entre os personagens e o leitor sofre de agonia esperando pelo desfecho.
Outros thrillers policiais nota 5: Eu sou Deus, Cilada e Dança da morte.

2 A descoberta das bruxas de Deborah Harkness

Magia, romance e suspense. Bruxos, demônios e vampiros. Uma combinação única que funciona brilhantemente neste livro. De brinde uma boa aula de história e uma pitada de biologia que eu tolerei por um bem maior rs. Diana Bishop é uma bruxa que nega suas origens e segue sua vida com uma humana normal, ela estuda história da ciência. Um manuscrito enfeitiçado coloca Diana em evidência, e é onde ela conhece o vampiro Matthew Clairmont. Os dois começam a se envolver, mas a convivência entre uma bruxa e um vampiro é vista com péssimos olhos pelo restante da sociedade sobrenatural. O manuscrito e os recém descobertos poderes de Diana os colocam em sérios apuros. História, biologia, vinhos e citações de autores famosos em um romance sobrenatural delicioso. Imperdível!


A viajante do tempo  de Diana Gabaldon

Este livro é perfeito, qualquer outro adjetivo é pouco para ele. Um romance lindo, história, viagem no tempo e um toque de sobrenatural. A trama começa em 1945 nas Highlands Escocesas e volta para 1743 onde tudo realmente começa a acontecer. Claire é uma mulher forte e decidida, que de repente volta para um mundo onde a mulher não tinha poder de decisão. James Frasier é um escocês apaixonante, lindo, másculo e motivo de suspiros durante todo o livro. Este é o primeiro livro da série Outlander, eu ainda não consegui tempo de ler as continuações, mas amei o livro. O mais indicado do ano, leiam!

E ai gostaram da lista? Mesmo citando mais alguns no final, ainda ficou muita coisa boa de fora da minha lista, muito difícil escolher só 10 livros no ano rs. Espero as listas de vocês. Leiam muito, leiam sempre! Feliz 2012 =]

Postar um comentário

Obrigada pela visita, de sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO